sexta-feira, 29 de abril de 2016

PGR ESTUDA PEDIR PARA INVESTIGAR DILMA POR DESVIO DE FINALIDADE


http://welbi.blogspot.com.br/…/pgr-estuda-pedir-para-invest…
Gerson Camarotti - G1
A Procuradoria Geral da República já estuda pedir ao Supremo Tribunal Federal autorização para investigar a presidente Dilma Rousseff por desvio de finalidade, informa o repórter Marcelo Cosme, da GloboNews. O pedido de investigação deve acontecer em breve, dentro do contexto da gravação autorizada pelo juiz federal Sérgio Moro, em que Dilma combina com o ex-presidente Lula enviar o termo de posse.

Para investigadores, Dilma nomeou Lula ministro-chefe da Casa Civil para que o ex-presidente ganhasse o foro especial do STF. Outras gravações com autorização judicial revelaram o temor de petistas de que Lula poderia ser preso a qualquer momento por decisão da primeira instância. Para integrantes da PGR, independentemente do processo de impeachment, essa investigação terá que ser feita.

Para investigadores da PGR, a investigação precisa ser feita agora porque, se a espera for longa, Dilma pode perder o cargo de presidente, e o caso passa para a primeira instância. 

Lula

Em relação a Lula, a PGR já avalia que o ex-presidente petista não terá chance de ser ministro. Os procuradores estudam, agora, como deve ser dividida a investigação sobre ele na Lava Jato, separando o trecho que vai para o Supremo e o que ficará com a Justiça Federal do Paraná. Para investigadores, a situação do ex-presidente é delicada.

Por Blog do Welbi :: 29.4.16


terça-feira, 26 de abril de 2016

O Papa denuncia o clericalismo e a criação de uma “elite laical”

PAPA FRANCISCO

Em carta dirigida publicada hoje, dirigida ao Exmo. Card. Marc Ouellet, Francisco reflete sobre a participação pública dos leigos na vida dos povos latino-americanos

Em carta dirigida ao Exmo. Card. Marc Ouellet, presidente da Pontifícia Comissão para a América Latina, o Papa Francisco refletiu sobre a participação pública dos leigos na vida dos povos latino-americanos, tema este abordado no encontro do pontífice com os membros participantes da Assembleia da Pontifícia Comissão para a América Latina e do Caribe, ou seja, o “indispensável compromisso dos fieis leigos na vida pública dos países latino-americanos”.

Francisco partiu de um olhar para o povo santo de Deus, entendendo que “um pai não se entende a si mesmo sem os seus filhos. Pode ser um excelente trabalhador, profissional, esposo, amigo, mas o que o torna pai tem rosto: são os seus filhos. O mesmo acontece conosco, somos pastores. Um pastor não se concebe sem um rebanho que está chamado a servir”.

Por tanto, refletir nos leigos significa sair das belas frases e passar para a ação. É reconhecer que todos entramos na Igreja como leigos. “Ninguém foi batizado sacerdote ou bispo”, esclareceu o papa.

Um dos principais erros – já denunciado em outras ocasiões pelo bispo de Roma – é o do clericalismo. Esta atitude anula a personalidade dos cristãos e tem a tendência de diminuir e desvalorizar a graça batismal, segundo Francisco. “O clericalismo se esquece de que a visibilidade e a sacramentalidade da Igreja pertence a todo o Povo de Deus e não só a uns poucos eleitos e iluminados”

Contudo o papa destaca nessa carta que a religiosidade popular tem sido um dos poucos lugares livres do clericalismo. Apontou, assim, que “Uma ação que não fica ligada à esfera íntima da pessoa mas, pelo contrário, se transforma em cultura”.

O pastor tem, portanto, a missão de acompanhar o leigo, mas não de atuar no lugar dele. Escreveu o pontífice:

“Nunca é o pastor que deve dizer ao leigo o que deve ou não dizer. Eles sabem o mesmo ou até mais do que nós. Não é o pastor que deve determinar o que o leigo deve dizer nos diversos âmbitos. Como pastores, unidos ao nosso povo, devemos perguntar-nos como estamos estimulando e promovendo a caridade e a fraternidade, o desejo do bem, da verdade, e da justiça. Como fazemos para que a corrupção não crie raízes nos nossos corações”

Erroneamente criamos uma ‘elite laical’ – afirmou o Papa – acreditando que só são leigos comprometidos aqueles que trabalham em “coisas de padres” e esquecemos, descuidamos do fiel que muitas vezes queima a esperança na luta diária por viver a fé”

O pastor, assim, está sempre “discernindo com o nosso povo e nunca pelo nosso povo ou sem o novo povo”.

Nesse sentido, “A enculturação é um trabalho de artesãos e não uma fábrica de produção em série de processos que se dedicariam a “fabricar mundos ou espaços cristãos”.

A principal tarefa dos pastores é a de cuidar especialmente de duas memórias, segundo Francisco: a memória de Jesus Cristo e a memória dos antepassados porque “Perder a memória é desenraizar-nos de onde viemos e, por conseguinte, não saberemos para onde vamos”

Por fim, Francisco destacou o papel da família na vida de fé dos leigos. “Foi no silêncio da vida familiar onde a maioria de nós aprendeu a rezar, amar, viver a fé”.

Share this Entry

REDE GLOBO FICA COM 90% DO DINHEIRO ARRECADADO DO CRIANÇA ESPERANÇA, DIZ DOCUMENTO DESCOBERTO

WikiLeaks divulga documento que mostraria que a Globo fica com 90% do dinheiro do Criança Esperança. Confira abaixo o link para o documento e confira você mesmo.

Com informações do Wikileaks Promovida pela TV Globo em parceria com o Unicef – Fundo das Nações Unidas para a Infância -, a campanha já arrecadou R$ 122 milhões, em 18 anos, investidos integralmente no Brasil.

O Show do Criança Esperança completou 18 anos de alegria. Sob o comando de Renato Aragão, a festa de solidariedade teve a sempre presente Xuxa e muitos outros convidados como Sandy & Junior, Caetano, Angélica e Maurício Mattar.

WikiLeaks divulga documento que mostraria que a Globo fica com 90% do dinheiro do Criança Esperança. Confira abaixo o link para o documento e confira você mesmo.

Um documento publicado pelo site WikiLeaks, famoso por divulgar materiais e informações confidenciais de governos e empresas, registra uma investigação sobre o recebimento de verbas da campanha Criança Esperança da Rede Globo pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

O documento pode ser encontrado no site do Wikileaks no endereço abaixo:


O documento, de 15 de setembro de 2006, revela um telegrama que teria sido enviado do escritório da Unesco em Paris, na França, para Washington, capital dos EUA. O material relata uma solicitação de reunião do então embaixador brasileiro na capital francesa, Luiz Filipe de Macedo Soares, com lideranças da entidade da ONU para discutir irregularidades ocorridas no escritório da Unesco em Brasília.

Informações: Pensa Brasil.

JUIZ MORO PREPARA A PRISÃO DO EX-PRESIDENTE LULA

Em: 25/04/16
“A Lava-Jato dispõe de indícios e provas suficientes para prender Lula por obstrução da Justiça, ocultação de bens em nomes de terceiros e recebimento de dinheiro por palestras que não fez. Lula só não foi preso ainda porque o Supremo Tribunal Federal avocou a responsabilidade de decidir o futuro dele, uma vez que Dilma o havia nomeado ministro. Em breve, pode mandar prendê-lo. Ou deixar que o juiz Sérgio Moro o faça”, afirma o colunista Ricardo Noblat.

“O mensalão não foi um escândalo, e o petrolão outro. Rodrigo Janot, Procurador-Geral da República, admitiu na semana passada que os dois não passam de uma coisa só – um bilionário esquema de corrupção para sustentar no poder o PT e seus aliados. Lula reelegeu-se, elegeu Dilma e a reelegeu. Mas Dilma está a poucos dias de cair. E ele, Lula… “.

“A Lava-Jato dispõe de indícios e provas suficientes para prender Lula por obstrução da Justiça, ocultação de bens em nomes de terceiros e recebimento de dinheiro por palestras que não fez. Lula só não foi preso ainda porque o Supremo Tribunal Federal avocou a responsabilidade de decidir o futuro dele, uma vez que Dilma o havia nomeado ministro. Em breve, pode mandar prendê-lo. Ou deixar que o juiz Sérgio Moro o faça”, diz (leia aqui).

Fonte: O GLOBO 

Créditos: Ricardo Noblat

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Lula fala a partidos de esquerda estrangeiros: Legislativo é “quadrilha que fez a agenda do caos no Brasil”

O ex-presidente e o presidente do PT, Rui Falcão, falaram na Aliança Progressista, evento de partidos de esquerda de diferentes países.

Por: Reinaldo Azevedo 25/04/2016
O ex-presidente Lula se manifestou publicamente, hoje, pela primeira vez desde a aprovação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara. Na abertura do seminário internacional da Aliança Progressista, um evento que reúne partidos de esquerda de diferentes países, o petista disse que o Brasil viverá “momentos de combate democrático” e que aqueles que tentam destruir o PT não terão sucesso, pois haverá “muita luta”. Ao falar sobre o processo de impedimento de Dilma, Lula afirmou que a presidente foi vítima de um “pelotão de fuzilamento” e que a Câmara dos Deputados é comandada por uma “quadrilha legislativa que implantou a agenda do caos no Brasil”.

Em um determinado momento, o ex-presidente admitiu que o atual governo tem lá suas falhas, mas, segundo ele, a culpa da crise é da oposição, que apostou em “aprofundar o caos” por não aceitar o resultado da eleição de 2014.

Lula fez dois discursos para o encontro. Um deles foi lido por Luiz Dulci, diretor do Instituto Lula, para poupar sua voz.

Também presente, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, voltou a atacar o vice-presidente Michel Temer. Na abertura do seminário internacional da Aliança Progressista, um evento que reúne partidos de esquerda de diferentes países, o dirigente petista chamou Temer de “traidor” e de “comandante do golpe”. Segundo ele, o peemedebista conspirou abertamente contra Dilma e, caso se torne mesmo presidente, apresentará ao Brasil “um programa antipopular, de supressão de direitos civis e sociais, e de privatizações”.

No discurso, Falcão criticou também a imprensa e outros setores da sociedade. Para ele, “a escalada golpista só foi possível graças à participação ativa do grande capital, de setores do aparato policial e judicial do estado, mancomunados com a mídia monopolizada e a oposição de direita”.

JORNAL DOS EUA AFIRMA: 'BRASIL CAIU EM TEIA DE CORRUPÇÃO DURANTE GOVERNOS LULA E DILMA'

Photogallery - Jornal dos EUA afirma: 
'Brasil caiu em teia de corrupção durante governos
Lula e Dilma'
The New York Times afirma que Brasil atravessa grave crise política e econômica no Governo Dilma, a poucos meses das Olimpíadas do Rio de Janeiro. 

A grave crise política, econômica e social enfrentada pelo Brasil, a partir dos desdobramentos dos escândalos de corrupção que envolveram dramaticamente a Petrobras - cujos desvios bilionários dos cofres públicos da estatal trazem enormes prejuízos ao país - despertou a atenção dos meios jornalísticos em todo o mundo.

O jornal norte-americano "The New York Times", um dos mais renomados e importantes veículos de comunicação nos EUA, traz em sua capa manchete que remete à crise política brasileira durante o governo da presidente Dilma Rousseff e toda a "teia de corrupção" descoberta a partir das investigações da Polícia Federal e do Ministério Público.

Na capa do jornal, as fotos que ilustram praticamente meia página são da presidente Dilma; do ex-presidente Lula; do senador petista e delator da Lava-Jato, Delcídio do Amaral; e também do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações sobre a corrupção na Petrobras. A matéria relata ainda a delação premiada de Delcídio do Amaral e a crise gerada a partir dos governos Lula e Dilma, tendo como "centro" o escândalo de corrupção na maior estatal brasileira: a Petrobras.

Destaque a Sérgio Moro A reportagem do jornal americano menciona também o papel do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações de crimes cometidos na Petrobras. De acordo com a reportagem, o juiz estimulou os acordos de colaboração premiada, oferecidos aos investigados, de forma que pudessem atenuar suas penas e contribuir para o aprimoramento e desenlace das apurações.

A imprensa norte-americana destacou ainda o caso referente à nomeação de Lula como ministro da Casa Civil e a suspensão deste ato devido à polêmica da divulgação dos áudios das gravações entre ele e Dilma - fator preponderante para que se paralisassem os efeitos da nomeação e consequentemente, a posse de Lula. Num momento mais descontraído, a matéria cita que o senador Delcídio cantarolou um trecho da música "Cartomante", de Ivan Lins, e afirmou:" É isso mesmo, está todo mundo caindo junto".

Politicaiada promove abandono em massa do PT e vão para REDE, PDT, PSOL PMB...

A PeTezada está armando a capa do partido depois da votação do impeachment na câmara.

A maioria dos prefeitos, vereadores e deputados que, pretendem disputar as eleições municipais de 2016, abandonaram o partido do Lula e da Dilma e foram para siglas como Rede de Marina Melansiva, PDT, Psol, PMB entre outros.

O fato é que somente militontos, alienados, cegos e coniventes à realidade do país e nóias ainda estão com o PT.

Até o povão, das vilas, do interiorzão, não quer nem saber mais de PT e comunismo. Muito menos falar de Dilma, Lula e aliados. Verdade seja dita, já era pro PT e o PT sabe disso. Por isso, estão migrando para os 'planos B' e o maior deles é a Rede da Marina Melansilva. Muito cuidado com essa jararaca 2.

E não esqueçam, eles saem do PT mas o PT não sai deles.

(Se quiser ler mais sobre o abandono em massa,  clique aqui)
===
REVEJA>>>

Prefeito que fez festa para o MST abandona o PT e pula para o PDT no Paraná.